sexta-feira, 28 de julho de 2017

Monte Castelo



Ainda que eu falasse a língua dos homens 
e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria. 

É só o amor, é só o amor; 
Que conhece o que é verdade; 
O amor é bom, não quer o mal; 
Não sente inveja ou se envaidece. 

O amor é o fogo que arde sem se ver; 
É ferida que dói e não se sente; 
É um contentamento descontente; 
É dor que desatina sem doer. 

Ainda que eu falasse a língua dos homens 
e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria. 

É um não querer mais que bem querer; 
É solitário andar por entre a gente; 
É um não contentar-se de contente; 
É cuidar que se ganem se perder; 

É um estar-se preso por vontade; 
É servir a quem vence, o vencedor; 
É um ter com quem nos mata a lealdade; 
Tão contrario a si é o mesmo amor. 

Estou acordado e todos dormem todos dormem, todos dormem; 
Agora vejo em parte, mas então veremos face a face. 

É só o amor, é só o amor; 
Que conhece o que é verdade. 

Ainda que eu falasse a língua dos homens 
e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.


Vídeo presente que ganhei de amigos especiais pelo meu aniversário no dia de hoje, 26 de julho...





Um comentário:

  1. Olha só tem festa no ar!
    Que lindo amiga um niver e uma linda música que sempre gosto de ouvir.
    Desde já lhe parabenizo pela passagem de mais um niver, com paz e muito amor no coração, para irradiar à todos que ama. Quem en cada abraço recebido sinta o meu com todo carinho e admiração de sua jornada.
    Meus parabéns e que Deus na sua infinita bondade lhe cuide com todo carinho de seus passos, atos e saúde.
    Um abração e felicidades nesta data querida.
    Bjs no coração.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...